A Paz e o Sonho nos Espaços de Convívio da A2000

“Senhor, ajudai-nos Vós! Dai-nos Vós a paz, ensinai-nos Vós a paz, guiai-nos Vós para a paz” (Papa Francisco, Oração pela Paz, 2014)


A paz – um tema hoje tão badalado na atualidade noticiosa nacional e internacional – foi justamente um dos temas escolhidos neste regresso à atividade dos Espaços de Convívio após as férias de agosto. 
A paz (ou a ausência dela) atingem-nos nas mais variadas esferas da nossa vida. Onde há paz, há condições para promover a prosperidade, os direitos humanos e o bem-estar de uma população, mesmo que nem sempre estejamos de acordo entre nós, como uma boa democracia respeitadora da liberdade o deve ser; pelo contrário, a guerra traz a morte, o sofrimento, a separação de entes queridos, o ódio, a intolerância face à diferença e a destruição de riquezas naturais e materiais, cujo impacto sentimos numa inflação que pesa no nosso bolso e nas nossas vidas. 

Uma das reflexões que fizemos nos Espaços de Convívio foi a ideia de que há formas diferentes de paz, a exterior e a interior, e ainda chegámos à conclusão de que a paz não é só ausência de guerra, daí termos recorrido à maravilhosa Oração pela Paz do Papa Francisco, de 2014, para acrescentar nas nossas conversas. 

Uma vez que os Espaços de Convívio são espaços de estimulação de competências, usámos as TIC (tecnologias de informação e comunicação) para transcrever o texto no computador. E foi esse texto que usámos como «pano de fundo» para percebermos que a paz começa em cada um de nós, na medida em que podemos todos ser “artesãos da paz”, com “capacidade de olhar com benevolência todos os irmãos que encontramos no nosso caminho”, e mantendo em nós “a chama da esperança para efetuar, com paciente perseverança, opções de diálogo e reconciliação”. De modo a eternizar a abordagem deste tema, e a trabalhar a motricidade fina e a criatividade, os nossos clientes decoraram umas lindíssimas pombas (símbolos da paz), que expuseram nas paredes de cada Espaço de Convívio, e que mostraram o melhor das capacidades dos nossos idosos!

Dado que falar de paz é falar, muitas vezes, de um processo interior que visa a construção de algo que nos parece quase fantasia – um mundo sem guerra -, aproveitámos justamente para falar do Sonho. 
Todos conhecemos o clichê “O sonho comanda a vida”, mas às vezes até parece que concretizar sonhos é algo quase impossível. Nada mais errado!

Não só atingir os nossos sonhos é possível, como por vezes é mais simples do que aquilo que pensamos. Para o demonstrar, recorremos ao desenho animado “O Sonho Impossível”, produzido em 1983 em parceria com as Nações Unidas, que apresenta uma situação sem dúvida familiar para muitos: a mulher que trabalha fora e ainda tem de fazer tudo em casa sozinha, e cujo grande sonho era que toda a família partilhasse a responsabilidade de zelar pelas tarefas diárias da casa. Seria este sonho tão difícil de alcançar? Na verdade, não, bastaria uma mudança de postura e comportamento por parte dos demais elementos da família!

Isto para dizer que o primeiro passo para a realização dos sonhos parte muitas vezes de nós, na vontade que temos de os alcançar e na crença de que somos capazes de os conseguir! 

Que muitos dos vossos sonhos se concretizem e a paz seja presença permanente das vossas vidas! Quanto a nós, voltaremos com mais notícias em outubro!

Paula Conceição, técnica da A2000

Notícias Relacionadas

DOADOR DO MÊS DE JULHO

10 de Julho, 2024

DOADOR DO MÊS DE JULHO

10 de Julho, 2024

DOADOR DO MÊS DE JULHO

10 de Julho, 2024
Skip to content