“A verdadeira profissão do Homem é encontrar o seu caminho para si mesmo” – Hermann Hesse.

Clientes da A2000 realizam trabalhos manuais e atividades em sala

Todos nós ambicionamos encontrar o tal caminho para nós mesmos, para a nossa essência e para aquilo que nos define.

Um caminho onde revelamos as nossas crenças, gostos, atitudes e ao longo do qual queremos alcançar sempre mais e melhor. setembro foi um mês onde percorremos parte desse caminho e onde explorámos o nosso comportamento e interesses profissionais.

Como já vem a ser hábito, o mês de setembro iniciou com a elaboração do Jornal de Parede, onde abordamos todas as nossas atividades do mês passado e que expusemos na Biblioteca Municipal com o fim de partilhar o nosso trabalho com a comunidade. E, como também já tem sido habitual, visitámos a Exposição sobre os Direitos Humanos que os nossos colegas do projeto Direito de Ser realizaram com tanto esmero e onde abordam temas tão importantes para todos nós.

Em sala, explorámos o mundo das profissões e aquelas que mais melhor se encaixam nos nossos gostos e capacidades. Para começar, realizámos um jogo de mímica no qual tivemos de imitar uma profissão para que os colegas adivinhassem. Com esta brincadeira, além de analisar o vasto universo profissional, conseguimos trabalhar a nossa atenção, expressão, memória, criatividade e motricidade. Mas os jogos dedicados à empregabilidade não se ficaram por aqui e realizámos um jogo de tabuleiro, com um dado contruído por nós e onde descobrimos novas profissões enquanto trabalhámos a interação e cooperação entre o grupo. Para terminar este âmbito mais profissional, como não poderia deixar de ser, tivemos de o tornar mais pessoal e, como tal, construímos o nosso “Eu Profissional”. Esta foi uma atividade da qual gostámos muito, pois construímos um pequeno boneco que espelhava cada um de nós, a profissão que mais se identifica connosco e sobre a qual gostaríamos de aprender mais.

Também abordámos um tema muito importante para o nosso dia-a-dia e para o saber estar em sociedade, que é a aparência e a importância da imagem que passamos para os outros. Com esta atividade de reflexão aprendemos que devemos adequar minimamente a nossa aparência às várias situações sociais em que nos encontramos e que não devemos julgar os outros, pois esses julgamentos muitas vezes não correspondem à verdade.

Para terminar o mês, abordámos ainda a comunicação com os outros e a importância de ouvirmos e sabermos ouvir. Com a realização de uma ficha e de um jogo onde demonstrávamos as várias atitudes que involuntariamente temos quando escutamos alguém aprendemos que escutar é uma excelente maneira de fazer amigos e a maioria das pessoas gostam que alguém as oiça. Ouvir é também uma forma de aprendermos muito acerca das pessoas com quem lidamos, assim como, de obter informação que nos pode ser necessária. Nem sempre é fácil, mas vimos que é muito importante escutar e respeitar o tempo dos outros.

Assim terminamos o mês de setembro, percorrida mais uma etapa deste caminho e com a certeza de que, em cada cruzamento, optamos sempre pelo melhor trajeto e conseguimos levar na mochila o essencial para chegarmos a bom porto.

Olinda Coutinho, Técnica da A2000

Notícias Relacionadas

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024
Skip to content