A2000 debateu medidas de apoio ao emprego para pessoas com deficiência em Alijó

Imagens de palestra em auditório de Alijó

As medidas de apoio ao emprego para pessoas com deficiência e incapacidade (PCDI) foram o tema principal da palestra realizada pela A2000 em Alijó.

Numa iniciativa que contou com algumas dezenas de participantes, o presidente da A2000, António José Ribeiro, frisou a importância de sensibilizar as entidades de vários concelhos, no sentido de oferecerem mais oportunidades de trabalho a pessoas com deficiência e incapacidade. “Através deste périplo que estamos a fazer pelos vários concelhos das nossas áreas de atuação, tentamos mostrar às pessoas e entidades que não existem os ditos normais, e os que têm algum tipo de deficiência. Na verdade, o que se verifica é a existência de pessoas que, por apresentarem certas incapacidades, precisam de auxílio no sentido de superar essas barreiras, e atingirem patamares cada vez mais altos de realização profissional. Tanto que, em alguns casos que acompanhamos nos nossos serviços, são as próprias entidades empregadoras a assumir que é entre estas pessoas que se encontram, por vezes, os seus melhores funcionários. Daí aproveitarmos para apelar às entidades públicas e instituições privadas que não tenham receio de explorar estas medidas, e que acelerem e tornem este processo de integração um fenómeno social de cada vez maior amplitude”, frisou.

Foi com o intuito de transmitir confiança aos presentes no aproveitamento destas medidas de apoio, que se dirigiu o discurso de Doroteia Abraão, diretora do Centro de Emprego de Vila Real.“A existência destas medidas de apoio revela-se estruturante na integração profissional destes cidadãos, mas é importante existir um trabalho concertado de todas as entidades e instituições dirigido à desmistificação e desconstrução de preconceitos e barreiras que só se conseguirão combater com parcerias de excelência, que se traduzam na canalização de processos e tomadas de decisão que derrubem quaisquer mitos que condicionem a implementação dos programas existentes”.

Por seu turno, Mafalda Mendes, vereadora com o pelouro da Ação Social da Câmara Municipal de Alijó, assumiu o combate à discriminação de PCDI’s no acesso ao emprego como uma importante área de atuação, além de se congratular com a presença de vários dirigentes de instituições sociais locais, a atestar o interesse pelo debate sobre esta matéria. “É muito importante a dinamização de iniciativas que possibilitem ouvir testemunhos da forma como certas integrações profissionais estão a decorrer. As medidas de apoio ao emprego são estruturantes na valorização das competências das pessoas integradas, e ajudam a melhorar o seu ambiente familiar e autoestima, com impactos benéficos muito significativos para a sociedade. Combater a discriminação das pessoas com deficiência no acesso ao mercado de trabalho deve ser sempre uma grande preocupação, daí ser importante sensibilizar e dar a conhecer as medidas disponíveis, para que possamos inteirar-nos da forma como podemos acionar as respostas sociais existentes. Neste sentido, observo com satisfação a presença de dirigentes de várias instituições sociais do concelho, determinantes na aplicação destas medidas no terreno”.

De seguida, Viviana Machado, do Instituto do Emprego e Formação Profissional de Vila Real, e Ana Antunes, coordenadora do Centro de Recursos para a Inclusão Profissional (CRIP) da A2000, apresentaram, respetivamente, as diversas medidas de apoio ao emprego dirigidas a PCDI’s, bem como os serviços que o CRIP promove, ao nível da integração socioprofissional das pessoas com deficiência ou incapacidades (jovens e adultos) que, evidenciando capacidades produtivas, têm dificuldade na inserção no mercado de trabalho.

Numa sessão marcada por uma interatividade interessante entre oradores e público, a tarde terminou com a apresentação de testemunhos de entidades inclusivas e clientes integrados, que encerraram mais uma etapa do périplo que a A2000 vai fazendo pela região, na sua missão em prol da inclusão profissional das pessoas com deficiência e incapacidade.

 Gonçalo Novais, Técnico da A2000

Notícias Relacionadas

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024
Skip to content