Abril de Liberdade!  

Liberdade – mais do que um tema quase obrigatório nas atividades dos Espaços de Convívio, é um valor inestimável da forma como vivemos e nos organizamos em sociedade. 

Neste sentido, aproveitámos para abordar dois Direitos fundamentais, e começámos pelo Artigo 18º da Declaração Universal dos Direitos Humanos, segundo o qual “toda a pessoa tem direito à liberdade de pensamento, de consciência e de religião; este direito implica a liberdade de mudar de religião ou de convicção, assim como a liberdade de manifestar a religião ou convicção, sozinho ou em comum, tanto em público como em privado, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pelos ritos”. Ao aprofundarmos este tema, chegámos à conclusão de que todos temos direito a professar a religião que quisermos, bem como a respeitar religiões diferentes da nossa e até a ausência de qualquer religião. Embora vivamos num país que herda muita da sua matriz civilizacional do catolicismo, a verdade é que todos têm a liberdade de professar outras religiões e até de não terem nenhuma. Mais do que julgar alguém pela sua religião, deve colocar-se o caráter e os princípios e valores de cada pessoa como o mais importante que qualquer um de nós tem para dar. Como tivemos a curiosidade de saber mais sobre o tema da liberdade religiosa, fizemos umas pesquisas na internet e, com base na informação recolhida, elaborámos um cartaz alusivo à temática abordada em cada Espaço de Convívio da A2000.

“Ninguém será mantido em escravidão ou servidão; a escravidão e o tráfico de escravos serão proibidos em todas as suas formas” – isto é que o diz o Artigo 4º, e que tanto significa, designadamente para aqueles que, no nosso país, têm na memória as vivências anteriores à Revolução de Abril. Assim, aproveitámos as muitas memórias que os nossos clientes retêm desses tempos para conhecer as restrições à liberdade de expressão existentes na altura, e quais as diferenças para a atualidade. Podemos não viver num país perfeito, mas pelas partilhas que foram feitas, observámos que a qualidade de vida no nosso país aumentou imenso nestas décadas de democracia, e que hoje as perspetivas de realização pessoal são incomparavelmente maiores do que antes de 1974. A começar por um maior respeito e reconhecimento dos Direitos Humanos!

Com Abril, celebra-se a liberdade e uma primavera que nos começa a invadir. Apesar de alguma chuva, os dias de sol, a temperatura mais agradável e o fim de muitas das restrições provocadas pela pandemia permitem antever uma normalização da vida social pela qual tanto ansiamos! Venha por isso o mês de maio, com mais um conjunto de atividades que partilharemos com vocês!

Técnicas do GPS

Os Espaços de Convívio da A2000 desenvolvem-se atualmente no Concelho de Peso da Régua, nas seguintes freguesias: União de Freguesias de Poiares e Canelas; União de Freguesias de Galafura e Covelinhas; e no Concelho de Santa Marta de Penaguião nas freguesias: União de Freguesias de Lobrigos (S. Miguel e S. João Batista) e Sanhoane; União de Freguesias de Louredo e Fornelos; Freguesia de Sever; Freguesia de Alvações do Corgo; e Freguesia de Fontes. Os Espaços de Convívio tem como parceiros e financiadores: a União de Freguesias de Galafura e Covelinhas e a Associação Cultural, Social, Desportiva e Recreativa de Galafura; o Município de Santa Marta de Penaguião; a União de Freguesias de Lobrigos (S. Miguel e S. João Batista) e Sanhoane; a União de Freguesias de Louredo e Fornelos; a Freguesia de Sever; a Freguesia de Alvações do Corgo e a Freguesia de Fontes.

Notícias Relacionadas

DOADOR DO MÊS DE JULHO

10 de Julho, 2024

DOADOR DO MÊS DE JULHO

10 de Julho, 2024

DOADOR DO MÊS DE JULHO

10 de Julho, 2024
Skip to content