CAARPD deu as boas-vindas aos novos colaboradores!

Joana Alves e José Sousa

A técnica superior de educação social Joana Alves e o professor de educação física José Sousa trazem consigo, a partir do mês de julho, diferentes sensibilidades pessoais, profissionais e académicas ao trabalho realizado no CAARPD, em Poiares.

Chegaram à A2000 com o propósito de se desafiarem como profissionais, mas já com trabalho feito noutras paragens, como conta o professor, já com experiência no desporto adaptado. “No meu último ano de licenciatura, tive contacto com uma equipa de natação de atletas com Síndrome de Down, e com uma associação de paralisia cerebral na zona do Porto e, se por um lado as limitações na condição desportiva dos utentes era mais evidente nesta última situação, por outro fiquei impressionado com o nível da equipa de natação, com resultados notáveis a nível nacional e internacional. Esta passagem teve um enorme impacto em mim, e mudou a forma como eu olhava para o desporto adaptado”.

Também com trabalho feito antes de chegar à A2000, Joana Alves fala das experiências que transporta consigo, à partida para este novo desafio. “Durante a minha licenciatura, realizei o meu estágio curricular numa associação com pessoas com incapacidades intelectuais e, durante este período, o interesse e o gosto de trabalhar com este público-alvo foi aumentando. Realizei um projeto de natureza socioeducativa, que tinha como principal objetivo melhorar o bem-estar e a qualidade de vida dos clientes, onde foram realizadas várias atividades com o intuito de desenvolver o raciocínio, promover a tomada de decisão, a imaginação, responsabilidade, o trabalho em equipa, a estimulação da motricidade fina, a tomada de decisão, entre outros aspetos. Foi uma experiência fantástica e com um impacto bastante positivo na minha vida, tanto a nível pessoal como profissional”, sublinhou a jovem de Galafura.

No que ao trabalho com os clientes do CAARPD diz respeito, os dois novos técnicos da A2000 assumem estar plenamente integrados, e valorizam o apoio permanente que receberam dos colegas que os acolheram. “No início, o primeiro impacto de receber pessoas novas nunca é fácil, mas hoje sentimo-nos plenamente integrados, e já existe uma grande confiança entre nós. Contudo, há que valorizar a forma como fomos recebidos pelos colegas, que prontamente nos ajudaram a ter maior familiaridade com as características de cada cliente, e esclareceram todas as dúvidas que existiam, além de nos receberem muito bem nesta equipa de trabalho”.

Concluída a fase de contacto inicial, é tempo agora para fazer uma integração plena nas dinâmicas da A2000, e ambos asseguram estar à altura do desafio. “Estamos prontos para trabalhar em prol da capacitação dos nossos clientes, e trabalhar em equipa para promover a qualidade de vida destas pessoas. Para isso, devemos ser capazes de ter empatia com os clientes, percebê-los na sua individualidade, necessidades e limitações, e sermos capazes de dar contributos que se tornem mais-valias ao trabalho do CAARPD”.

Gonçalo Novais, Técnico da A2000

Notícias Relacionadas

DOADOR DO MÊS DE JULHO

10 de Julho, 2024

DOADOR DO MÊS DE JULHO

10 de Julho, 2024

DOADOR DO MÊS DE JULHO

10 de Julho, 2024
Skip to content