Constituição da Equipa Local de Intervenção (ELI) resposta social de Intervenção Precoce na Infância

Logotipo da A2000

No passado dia 21 de Maio de 2011, na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto foi, formalmente constituída a Equipa Local de Intervenção da resposta social de Intervenção Precoce na Infância para os concelhos de Santa Marta de Penaguião, Peso da Régua, Mesão Frio e Mondim de Basto, em conformidade com o Decreto-lei nº 281/2009 de 6 de Outubro.

O protocolo foi assinado pelo Instituto da Segurança Social, IP, representado pelo Presidente do Conselho Directivo e da Comissão de Coordenação Nacional do Sistema Nacional de Intervenção Precoce na Infância (SNIPI), Dr. Edmundo Martinho, pelo Centro Distrital de Segurança Social de Vila Real (ISS, IP), representado pelo Dr. Francisco Rocha e pela Associação 2000 de Apoio ao Desenvolvimento – A2000 representado pelo Presidente da Direcção, António Ribeiro.

A cerimónia contou com a presença das excelentíssimas: Ministra do Trabalho e da Solidariedade Social, Dra. Helena André; Ministra da Saúde, Dra. Ana Jorge; o Director Regional de Educação do Norte, Dr. António Leite, em representação da Ministra da Educação e outras entidades.

O presente protocolo visa melhorar a articulação entre os vários Ministérios envolvidos, concretizando o Sistema Nacional de Intervenção Precoce na Infância, no sentido de assegurar as condições facilitadoras do desenvolvimento da criança com deficiência ou em risco de atraso de desenvolvimento, potenciar a melhoria das interacções familiares, reforçar as competências familiares como suporte da sua progressiva capacitação e autonomia face às necessidades da criança.

A celebração do protocolo esteve inserida no decurso da formação subordinada ao tema “Conceitos e Práticas em Intervenção Precoce na Infância”, organizada pelo Gabinete de Acompanhamento à Educação Especial / DREN e Subcomissão de Coordenação Regional de SNIPI – Norte, com a colaboração da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto. Estiveram presentes na formação 3 Técnicos da A2000, Vânia Pereira, Alice Correia e Ana Sofia Pinto.

Ao longo da formação foram abordados temas, tais como “O papel do Médico na Equipa Local de Intervenção”, “Supervisão e Formação em Intervenção Precoce” e “O papel do Educador de Infância na Intervenção Precoce”.

A A2000 intervém nos concelhos de Santa Marta de Penaguião, Peso da Régua, Mesão Frio e Mondim de Basto, apoiando actualmente 30 crianças, dos 0 aos 6 anos, que apresentem alterações nas funções ou estruturas do corpo que limitam o desenvolvimento individual e social, ou com risco grave de atraso de desenvolvimento, bem como as suas famílias.

Vânia Pereira
(Chefe do Projecto de Intervenção Precoce)

Notícias Relacionadas

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024
Skip to content