Continuar por Terras de Basto…

Cartaz do seminário "Cidadania em Ação"

Já bem próximos do final do Projeto “Cidadania em Ação”, a  Associação 2000 de Apoio ao Desenvolvimento – A2000 continua a “semear” por Terras de Basto  a importância da inclusão, da igualdade de oportunidades e da participação ativa das PCDI  na sociedade enquanto cidadãos.

À semelhança do mês anterior, novembro fica pautado  por uma  grande azáfama, entre a conclusão da interpretação dos dados dos inquéritos, da finalização do  Programa do Seminário e da sua respetiva divulgação junto das entidades públicas e privadas do concelho, bem como, de toda a comunidade mondinense.

O presente Seminário irá realizar-se no  mês seguinte, tendo como entidades parceiras o Município de Mondim de Basto, a Junta de Freguesia de Campanhó e Paradança e a Associação Social de Apoio à Deficiência (ASAD), tendo como principal objetivo informar e sensibilizar para que cada cidadão tenha um papel mais ativo na inclusão das PCDI, tornando-nos assim  uma sociedade mais inclusiva, solidária e humana.

 Desta forma, pretendemos contribuir para uma  inclusão mais efetiva  neste concelho, propiciando uma melhoria da qualidade de vida das PCDI identificadas.

Faz-se necessário então, repensar no que diz respeito à inclusão real das PCDI, qual o impedimento ou dificuldade quanto à presença ou permanência destas pessoas no meio social, sendo importante lembrar que estas possuem os mesmos direitos como qualquer outro cidadão, inclusive esses direitos devem ser assegurados num ambiente sadio e adaptados  às suas necessidades de inclusão.

Este é um caminho longo, e somente terá resultado se todos conseguirmos ver a pessoa com deficiência com os olhos de quem não vê a incapacidade, mas sim a possibilidade dela estar junto de pessoas ditas normais. Para isto, é preciso que haja uma mudança de mentalidades em relação a estas pessoas. Mudança esta, que deve ocorrer no interior de cada um, no sentido de ultrapassar preconceitos e bloqueios incutidos e camuflados na maioria de nós, bem como  uma conscientização conjunta, de todos os membros da sociedade.

Cabe lembrar a importância da inclusão das pessoas como cidadãos que somam como indivíduos na sociedade e tirar a imagem de desamparo acreditando na sua cidadania e isso não adianta estar escrito, precisamos sim sentir que está dentro de nós.

Por último, agradecemos  a  todos os que “caminham” ao nosso lado, nomeadamente, ao Município de Mondim de Basto, aos Presidentes de Juntas de Freguesia, aos Diretores Técnicos e colaboradores das  Associações locais, à Srª Diretora do Agrupamento de Escolas de Mondim de Basto e restantes professores e a todos vós mondinenses… o meu MUITO OBRIGADO!

Patrícia Maçãs, Psicóloga

Notícias Relacionadas

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024
Skip to content