Início da Formação Prática em Contexto de Trabalho (FPCT)  

Auxiliar de Serviços Gerais II

O curso de Auxiliar de Serviços Gerais II, a decorrer em Tabuaço, teve início a 14 de setembro de 2020. Após um primeiro período de formação em sala, onde foi possível desenvolver um conjunto de competências, o grupo iniciou agora, a 7 de fevereiro, a 2ª etapa, a Formação Prática em Contexto de Trabalho (FPCT). Para alguns foi uma experiência nova, para outros um recordar das experiências profissionais já vividas. De um modo geral, estão todos bastante entusiasmados com as entidades onde estão inseridos e com as atividades que desempenham. Novas rotinas, horários, trabalho em equipa, novas aprendizagens e, acima de tudo, um “voltar à normalidade” após dois anos de pandemia.

Para esta nova etapa, foi estabelecido acordo de cooperação com diversas entidades do concelho, que se mostraram desde logo disponíveis para acolher os formandos e proporcionar-lhes o desenvolvimento das suas competências profissionais:

– Santa Casa da Misericórdia de Tabuaço – valência de lar e creche;

– Câmara Municipal de Tabuaço – piscinas municipais; jardinagem; posto de turismo;

– Restaurante Tabua d’aço;

– Lar de Sendim;

– União de Freguesias de Barcos, Santo Aleixo e Santa Leocádia;

– Douro Mel – Fábrica de Confeitaria.

Ficam alguns testemunhos desta nova etapa:

Comecei por realizar tarefas na lavandaria onde dobrava, estendia e passava a ferro a roupa dos idosos, lençóis, toalhas e manápulas. Fazia também a limpeza do chão ao final do dia. Agora também já vou para a copa e ajudo a dar a refeição aos idosos sem autonomia, levanto, limpo e desinfeto as mesas e volto a organizar a sala para a próxima refeição. Ao final do dia, ajudo na limpeza da sala de refeições. Estou a gostar muito do estágio. Saio todos os dias de casa alegre, mais bem disposta! O convívio com os idosos enche-me o coração!” Maria Irene Santos

“Eu ajudo na preparação dos almoços das crianças e na limpeza da cozinha e da sala de refeições. No período da tarde, após a sesta das crianças, faço as camas e ajudo na preparação do lanche e da limpeza da sala e cozinha. Estou a gostar muito. Era o local que eu queria porque sempre gostei de crianças. Sinto que com esta experiência estou a ganhar mais confiança e a tornar-me mais responsável” Daniela Silva

“Faço as limpezas gerais, limpo as casas de banho, os balneários e o chão junto à piscina. Também ajudo na limpeza dos vidros e no espaço de fora. Apesar de no início estar com algum receio, neste momento estou a gostar muito! Sinto-me útil e capaz de fazer as coisas, e de ser uma ajuda importante para os restantes colegas”. Adriana Cardoso

“ Estou na cozinha, onde trato da loiça e ajudo na preparação das refeições servidas no restaurante e do «take- away». Também organizo a despensa e auxilio nas limpezas. Gosto da convivência com os colegas e sinto que há confiança no meu trabalho! Há um bom ambiente para se trabalhar com alegria!” Deolinda Santos

“Eu estou na jardinagem, rapo as valetas e as rampas, preparo a terra para a jardinagem e podo as árvores e as flores. Dou-me bem com os colegas, gosto muito deste serviço e estou bem!  Já aprendi muita coisa com esta experiência.” António Duarte

“ Eu realizo tarefas na lavandaria onde dobro as babetes, toalhas de banho, resguardos das camas dos idosos, meias, entre outros. Também já sei trabalhar com a máquina de secar. Ajudo na arrumação da roupa e identifico a quem pertence cada peça. Sinto que confiam no meu trabalho. O ambiente de trabalho é bom e calmo, como eu gosto. Acho que melhorei a parte da comunicação, pois já não sinto vergonha de perguntar as coisas!” Milene Pinto

“No posto de turismo recebo os turistas, quando são portugueses, entregando-lhes folhetos e dando informações. Pergunto-lhes o que gostariam de visitar e dou referências sobre locais de interesse. Também trato da venda de souvenirs. Gosto muito da equipa com quem trabalho.” Fernando Lamego

“Eu ando a varrer as ruas, o cemitério, podo as roseiras e as árvores. Estou a gostar muito, mas gostava de vez em quando de ter companhia! As pessoas orientam-me para eu saber fazer o trabalho em condições”. Mário Cardoso

“Na Douromel, eu descasco os alimentos, encho os bidões com água, trabalho com a trituradora de frutos, faço marmelada, embalo caixas e limpo algumas máquinas. Fiz novos amigos e aprendi imensa coisa nova,  como as medidas de prevenção e proteção que devo ter no local de trabalho!” João Batista

Isabela Lima, formadora da A2000

Notícias Relacionadas

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024
Skip to content