Início de FPCT marca nova etapa na vida dos formandos  

Curso 3 - Assistente Operacional de Chaves

Os formandos do Curso 2 – Auxiliar de Serviços Gerais II – ação 2 de Tabuaço e do Curso 3 – Assistente Operacional de Chaves começaram no dia 7 de fevereiro a sua Formação Prática em Contexto de Trabalho (FPCT).

Depois de um ano de formação teórica em sala, está na altura de colocar em prática esses conhecimentos, e a expectativa é naturalmente muita. Quando começam os cursos, todos os formandos sabem que numa segunda fase irão ter a possibilidade de mostrar as respetivas capacidades no dia-a-dia de uma empresa ou entidade. Chegados a esta fase, muitos são os que aparecem entusiasmados, mas, ao mesmo tempo, um bocadinho ansiosos, porque querem estar à altura do trabalho que lhes vão exigir.

De uma maneira geral, os formandos dos cursos denotam algum nervosismo à partida para este novo ciclo, até porque um dos grandes objetivos ao vir para os cursos da A2000 passa por conseguir a sua integração profissional. Para todos eles, ter um emprego não é só algo que se quer, mas também é algo de que se necessita para ter maior qualidade de vida e poder usufruir de coisas que, neste momento, não conseguem ter por falta de capacidade económica. Talvez seja por isso que estão um bocadinho nervosos no início, porque querem mostrar às pessoas que os acolhem as suas competências para que, no final desta FPCT, obtenham a oportunidade de trabalho que tanto desejam.

Curso 2 – Auxiliar de Serviços Gerais II – Ação 2 de Tabuaço

Outro aspeto relevante da formação em sala, prévia à FPCT, foi a quantidade de ensinamentos adquiridos durante o percurso formativo. Além de ajudar os formandos a rever coisas que já sabiam mas estavam esquecidas, possibilitou aprender toda uma série de novos conhecimentos que muito os prepararam para a fase que agora começam. Através de formações teóricas e também de muitas atividades práticas, desenvolveram-se muitas competências sociais e profissionais que muito os ajudarão. Além disso, o envolvimento dos formadores e funcionários em todo este ano de trabalho no acolhimento e apoio dado aos formandos em tudo o que fosse necessário contribuiu para a construção de uma base de confiança rumo à integração em equipas de trabalho desconhecidas, em que cada formando da A2000 terá de assumir as suas responsabilidades na estrutura que os acolhe.

Em jeito de conclusão, queremos agradecer às entidades que aceitaram acolher os formandos da A2000, mesmo numa altura ainda tão difícil da vida de todos por causa da pandemia. Cabe agora a cada um deles mostrar-se da melhor forma possível e aproveitar uma nova etapa de formação que durará sensivelmente um ano e que completará o percurso formativo nestes cursos, e que é determinante para integrações futuras! Boa sorte a todos!

Marlene Azevedo  e Armando Oliveira, Técnicos da A2000

Notícias Relacionadas

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024
Skip to content