Início dos Projetos INR

Janela fechada em casa antiga

No passado mês de maio a A2000 iniciou dois novos Projetos cofinanciados pelo INR (Instituto Nacional de Reabilitação) e que visam a inclusão social de adultos com incapacidade ou necessidades especiais: um decorrerá nos concelhos de Armamar e Tabuaço (A arte de Participar) e outro no concelho de Murça (À descoberta de outros mundos).

Ambos os projetos têm uma meta comum que é aumentar a inclusão de pessoas com deficiência ou incapacidade que não têm qualquer resposta social e que permanecem em casa, limitados na socialização, no desenvolvimento pessoal e no exercício dos seus direitos.

Assim, em Armamar e Tabuaço iniciou-se o processo de identificação das pessoas interessadas, caraterização das suas necessidades, planificação das atividades que serão de cariz artístico, pois o objetivo é que os clientes participem criativamente nas atividades, para posteriormente mostrarem as suas criações pelas entidades do concelho, interagindo com a comunidade, socializando e criando novos laços sociais que os tornem mais visíveis e inseridos.

Armamar e Tabuaço são territórios onde a A2000 já promove outros serviços, pelo que com a parceria dos Municípios, juntas de Freguesia e IPSS’s a identificação das pessoas que permanecem isoladas devido às suas dificuldades está já em processo.

Em Murça, apenas o serviço do Centro de Recursos da A2000 atua lá, pelo que o projeto “À descoberta de outros Mundos” iniciou com a realização do diagnóstico social na área da deficiência para identificação das necessidades de todas as pessoas com deficiência ou incapacidade (PCDI), e posterior encaminhamento, pois o objetivo final é a integração profissional daqueles que reunirem condições e competências para tal. 

O concelho de Murça expande-se por 3 territórios: Terra Quente, onde os socalcos das vinhas e as oliveiras centenárias preenchem a paisagem, passando pela pacata vila de Murça, da qual a figura central é a porca (ou ursa?); a Terra de Montanha, onde se contempla a natureza, literalmente, mais lá no alto, e no seu estado mais bruto; e a Terra Fria, produtora de castanha.  Nesta diversidade o projeto “À descoberta de outros mundos” pretende ser solução, onde se encontre a “unidade na diversidade” (Miguel Torga, Diário XIV).

Palmilhando o terreno, ouvindo as pessoas, esse primeiro objetivo tem-se vindo progressivamente a cumprir, sendo que na simplicidade das gentes de Murça, generosas nas ofertas daquilo que colhem da terra, o acolhimento do nosso trabalho e do nosso Projeto tem sido positivo. 

Esta é a dinâmica geográfica por onde a A2000 tem atuado, tendo como parceiros o Município de Murça e as suas Juntas de Freguesia. Ainda assim, e nas palavras do poeta António Ramos Rosa, “mesmo quando sabemos o que vamos fazer, é sempre o vazio que está à nossa frente”, pelo que nos coube partir à descoberta, para posteriormente conduzir os nossos clientes à descoberta de experiências e vivências novas. Pois, após este diagnóstico concelhio, entre agosto e dezembro de 2019, levar-se-ão a cabo atividades com 10 pessoas com dificuldades especiais, mas autónomas, com o objetivo de desenvolverem/aumentarem os níveis de competência do saber ser/estar, fazer e aprender, nomeadamente ao nível da autonomia, da participação, relações interpessoais, autodeterminação, experiências ocupacionais e profissionais. 

No seguimento deste objetivo será desenvolvida uma ação de mapeamento, informação e sensibilização do tecido empresarial mursence sobre as medidas ativas de emprego para PCDI’s e as vantagens da sua integração profissional, pois, pretende-se fomentar a integração profissional das pessoas sinalizadas. 

Inspirados na ideia segundo a qual “sonhar um mundo é correr riscos ainda maiores; é ser-se ambicioso perante o que já é impossível” (Valter Hugo Mãe), os projetos da A2000 levam, também, esta esperança aos que nele se envolverão. Por isso, para além de espreitarem das suas janelas, cravadas entre o xisto ou granito, as pessoas têm-nos aberto a sua porta. Entramos! Com o objetivo de os apoiar a participar e descobrir outros mundos.

Patrícia Maçãs, Psicóloga

Notícias Relacionadas

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024
Skip to content