Integração profissional – Paula Pinto

Paula Pinto e Raúl Gouveia

Antiga formanda da A2000, Paula Pinto encontra-se atualmente integrada no restaurante Adega Guimarães, no Peso da Régua. Encontra-se desde 2019, inserida num Contrato de Emprego Apoiado em Mercado Aberto (CEAMA), tendo o contrato sido alvo de renovação, no presente mês de dezembro, por mais 12 meses.

Após a formação profissional na A2000, a Paula realizou formação prática em contexto de trabalho em 2017 no âmbito da ação de “Apoio à Colocação” e em seguida realizou um Estágio-Inserção de 12 meses.

A executar tarefas ligadas à limpeza e higienização do edifício e ao apoio à cozinha, a Paula descreveu o trabalho que faz no restaurante. “Estou aqui há três anos, desde 2017 e, desde então, faço um pouco de tudo, ajudo na cozinha, faço a limpeza e lavo a loiça, entre outras tarefas que me são pedidas. Trata-se de uma oportunidade de trabalho que tive, e que mudou muitas coisas na minha vida. Ganhar um ordenado ajudou-me a ter novas perspetivas e a juntar algum dinheiro para fazer coisas de que gosto e até para fazer planos para o futuro, como tirar a carta de condução e juntar-me com o meu namorado”, explicou.

Em relação à sua situação profissional, a Paula manifestou o desejo de continuar o seu percurso na Adega Guimarães, e deixou elogios a todo o trabalho feito pela A2000 no sentido de a ajudar a ter esta oportunidade, num percurso na Associação que ela recorda com saudade. “Gostei de todo o meu percurso na A2000. Sinto saudades de tudo, dos colegas, dos professores. Hoje cada um de nós seguiu o seu caminho, mas ainda nos falamos pelas redes sociais. Quanto à Associação, o apoio que sempre me deram foi muito bom, até porque quando entrei na formação, as pessoas pensavam que não me ia conseguir desenrascar com as rotinas diárias e as atividades que me eram pedidas, mas hoje sinto-me mais capaz. E acabei por ficar colocada perto de casa, aqui na Régua. Se me perguntarem se recomendo a A2000 para ajudar mais pessoas a encontrar uma oportunidade, claro que recomendo, porque estou contente com a ajuda que me deram”, frisou.

Quem também mostrou o seu contentamento com o trabalho da A2000 em matéria de integrações socioprofissionais foram os proprietários da Adega Guimarães, Raul Gouveia e Isabel Gouveia, conhecidos por terem muita recetividade no acolhimento de colaboradores através das várias medidas de apoio existentes. “Sempre tivemos, ao longo dos anos, muita vontade de dar oportunidades a pessoas com deficiência e incapacidade, por um lado para as ajudar na sua integração e, por outro, porque através destes apoios podemos encontrar colaboradores muito bons. E, neste trabalho de apoio e acompanhamento que é feito para ajudar as empresas a ter acesso a estes apoios, não há instituição melhor que a A2000, e dizemo-lo a toda a gente”, reiteraram.

Em relação à Paula, salientam a grande evolução que registou ao longo dos últimos três anos, bem como a relação de afetividade que já desenvolveram com ela, paralelamente à vida profissional. “Quando a Paula veio para cá, o nosso objetivo foi tentar ajudá-la a cumprir os critérios de limpeza que pretendemos para o nosso espaço, e tivemos que trabalhar com ela nesse sentido. Apesar de ela ser, por vezes, algo desconcentrada e de, em certas situações, poder tomar mais a iniciativa de fazer certas coisas sozinha, a verdade é que ela é uma rapariga muito educada e prestável, e faz praticamente parte da família, sendo envolvida em tudo o que fazemos”, referiram, desejando que o período de pandemia que atravessamos possa ser superado rapidamente, a fim de inverter o contexto mais difícil atravessado na nossa vida coletiva.

Ana Augusto e Gonçalo Novais, Técnicos da A2000

Notícias Relacionadas

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024
Skip to content