Integrações Profissionais

Luísa Cardoso

Luísa Cardoso, tem 40 anos e reside em Vila Maior – S. João de Lobrigos, tendo sido integrada profissionalmente na Fundação Luís Vicente.

Após ter frequentado formação profissional na A2000 e concluído com sucesso o curso de “Auxiliar de Serviços Gerais”, foi encaminhada para o Centro de Recursos para a Inclusão Profissional da A2000 (CRIP), através do Serviço de Emprego de Vila Real. No decorrer deste processo realizou Formação Prática em Contexto de Trabalho (FPCT) na Fundação Luís Vicente como assistente operacional.

Durante a formação prática, a Luísa teve sempre um desempenho muito satisfatório, revelando uma bom trabalho e interesse na execução das tarefas que lhe foram delegadas, assim como uma boa integração na equipa de trabalho.

Tudo isto permitiu à Luísa desenvolver não só as suas capacidades profissionais, mas também pessoais e sociais. Desta forma, a entidade possibilitou-lhe uma integração profissional através da medida de apoio ao emprego “Contrato de Emprego Inserção +”.

A Luísa desempenha no seu local de trabalho diversas tarefas relacionadas com a prestação de apoio a idosos, nomeadamente cuidados básicos de higiene, alimentação, conforto e saúde, de acordo com as orientações da equipa técnica. Executa ainda tarefas relacionadas com a higiene das instalações e equipamentos.

Esta oportunidade, segundo a Luísa, permite-lhe ter maior autonomia económica, proporcionando uma melhor qualidade de vida à sua filha e começar uma poupança, assim como melhorar o seu desempenho profissional de forma a obter no futuro uma integração profissional plena.

A Luísa refere ainda que a A2000 foi um pilar essencial na sua vida pessoal, social e profissional, permitindo abrir novas portas. Agradece a todos os técnicos e formadores que ao longo desta caminhada a ajudaram e apoiaram em todos os domínios da sua vida.

Entidade: Fundação Luís Vicente
Atividade: IPSS – Apoio Social a idosos
Concelho: Santa Marta de Penaguião

A Fundação Luís Vicente foi criada em 1960, sendo reconhecida como Instituição Particular de Solidariedade Social, e destina-se a acolher pessoas idosos desinseridas do meio familiar e/ou social, não autónomas na satisfação das suas necessidades básicas.

A sua missão reside na prestação de um serviço de apoio que prime pela qualidade, garantindo na prestação de cuidados básicos o respeito e a dignidade pelo idoso, reconhecendo-lhe o direito à plena cidadania, à independência e privacidade, proporcionando condições que potenciem a sua inclusão social.

A Instituição tem atualmente como respostas sociais: Serviço de Apoio Domiciliário, Centro de Dia e Lar, servindo, no total, 120 pessoas. Sendo no serviço de Lar que a Luísa se encontra enquadrada.

O primeiro contacto com a Luísa ocorreu durante a formação profissional para pessoas com deficiência ou incapacidade, tendo a Fundação Luís Vicente proporcionado a continuidade da mesma, através do CRIP, no sentido de melhorar as suas competências profissionais. Houve ainda uma adequada integração nas equipas de trabalho, tendo sempre evidenciado um bom espírito de interajuda e empenho.

Segundo a Diretora de Serviços – Ana Ribeiro – as expectativas que inicialmente possuíam em relação à Luísa foram satisfeitas, pois esta demonstrou uma adequada evolução ao longo da FPCT, melhorando as suas capacidades e comportamentos necessários à função.

Para a Diretora de Serviços, esta experiência foi uma mais-valia para a Fundação, pois “permite-nos estar mais despertos para a problemática da deficiência/incapacidade, além disso contribui de forma determinante para a melhoria da qualidade de vida destas pessoas. A A2000 assumiu um papel fulcral neste processo acompanhando todo o processo de adaptação e integração da Luísa.”

Ana Augusto, Técnica da A2000

Notícias Relacionadas

DOADOR DO MÊS DE JULHO

10 de Julho, 2024

DOADOR DO MÊS DE JULHO

10 de Julho, 2024

DOADOR DO MÊS DE JULHO

10 de Julho, 2024
Skip to content