Lealdade…

António Ribeiro, presidente da A2000

O mês de agosto, por tradição, aparece ligado a descanso, família, férias e festas. E foi num destes momentos de descanso e de férias em família que refleti sobre “lealdade” e portanto quero partilhar com todos o que penso sobre isso. Não vou inventar a roda, mas apenas refletir em voz alta sobre a virtude da lealdade.

Em meu entender, LEALDADE é uma virtude que se materializa no cumprimento das leis da fidelidade e da honra. Uma pessoa de bem deve ser leal a outras pessoas, às suas chefias, à empresa ou entidade onde trabalha e até ao seu país. A Lealdade desenvolve-se conscientemente e implica cumprir com compromissos, mesmo que seja perante circunstancias adversas e constantemente em mudança. Trata-se portanto de uma obrigação que se tem para com o próximo. Todos os trabalhadores devem mostrar lealdade para com a sua entidade patronal, mas no caso das chefias superiores e intermédias, que lidam com informação delicada e com a alma do negócio, é ainda mais imprescindível a lealdade de que vos falo. Os sinónimos de lealdade são fidelidade, dedicação e sinceridade…

Confúcio, famoso filosofo e pensador da China (551 – 479 a.c.), referiu “coloca a lealdade e a confiança acima de qualquer coisa; não te alies aos moralmente inferiores; não receies corrigir teus erros”. Por esta via, a lealdade dá tranquilidade ao coração e é, por tudo o que já disse, um dos pilares que sustentam o real valor das pessoas.

No caso das pessoas que colaboram na A2000 (órgãos sociais, trabalhadores, outros colaboradores e voluntários) a lealdade deve ser recíproca e transversal a todos, independentemente da hierarquia e das funções. A lealdade de que vos falo deve ser sentida pela gestão em relação a si própria, para com os pares, os colaboradores e até para com os clientes/utentes. As horas e as circunstâncias podem mudar a qualquer momento, por isso não devemos quebrar a lealdade com ninguém. Mais importante que a relação do poder entre as pessoas é a relação de Lealdade.

Atentos a esta pequena reflexão, só me resta pedir para validarmos e valorizarmos a LEALDADE de todos e para com todos, sendo certo que a lealdade e a confiança dos outros geram a cooperação necessária para alcançarmos os nossos sonhos e objetivos!

António Ribeiro, Presidente da Direção

Notícias Relacionadas

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024
Skip to content