Marcos de Desenvolvimento da Fala e Linguagem – Parte 4

Importância da Linguagem

Esta notícia pretende dar por terminada a descrição dos marcos de desenvolvimento no que compreende às áreas da fala e linguagem. Caso tenha lido as edições anteriores, já terá percebido que as competências são mais evidentes no que respeita ao desenvolvimento da fala do que aos linguísticos, ainda que isto seja apenas uma aparência. Com a chegada dos 4 anos e com o caminho até aos 6, torna-se cada vez mais evidente a capacidade de articular melhor não só palavras cada vez mais complexas, mas também frases progressivamente mais ricas em palavras e conceitos. Saiba também que as crianças começam agora a perceber que podem mentir e não ser apanhadas, ou seja, o anjinho que têm em casa pode começar a ser um diabinho fora dela!

Com o término do 6º ano de vida e a chegada do 7º, as crianças deverão já estar num estágio bastante avançado no que respeita à maturidade linguística e de fala, devendo ter praticamente todos os marcos abaixo mencionados adquiridos, o que será indicador de que será capaz de ingressar no 1º ciclo escolar sem dificuldade acrescidas. Nesta fase, o desenvolvimento linguístico pode ser assemelhado ao de um adulto, existindo sempre espaço para ajustes e enriquecimento, tal como acontecerá com certeza com o leitor, tenha a idade que tiver.

IdadeCompetências Linguísticas
Desenvolvimento PragmáticoDesenvolvimento semântico/sintático
 
Desenvolvimento Fonológico e/ou Fala
 
Entre os 4 e os 5 anosDeverá ser capaz reconhecer e utilizar expressões verbais orais de boa educação (ex: Por favor, obrigado, etc.)Deverá ser capaz de ter o
conhecimento passivo de cerca de 25 000 palavras
Deverá ser capaz de produzir de forma isolada os seguintes fonemas:
/ʒ/ em início de sílaba (ex: Janela); /ɾ/ em início de sílaba (ex: Pirata); /ɾ/ em final de sílaba (ex: Comer); /pl/ (ex: Planta) /kl/ (ex: Claro) /fl/ (ex: Flauta) /fr/ (ex: França) /vr/ (ex: Livro) /br/ (ex: Braço) /kr/ (ex: Cravo)
Deverá ser capaz de evidenciar um vocabulário ativo de cerca de 2 500 palavrasDeverá ser capaz de suprimir os seguintes processos fonológicos:
– Palatalização  Substituição de uma consoante fricativa alveolar por uma palato‐alveolar” (ex: para SAPATO produzir “XAPATO”)
 – Despalatalização “Substituição de uma consoante palato‐alveolar por uma alveolar” (ex: para CHAPÉU produzir “SAPÉU”)
Deverá ser capaz de compreender e produzir vários tipos de frases simples e complexas
Deverá ser capaz de saber onde vive
Deverá ser capaz de saber localizar espacialmente de forma abstrata (Peso da Régua fica em Portugal)
Deverá ser capaz de comparar tamanhos, comprimentos e pesos.
Deverá ser capaz de compreender e utilizar pronomes indefinidos como outro, alguém, ninguém, etc.
Entre os 5 e os 6 anos
 
Deverá ser capaz de produzir de forma isolada os seguintes fonemas:
/l/ em final de sílaba (ex: Mel); /pr/ (ex: Prato) /tr/ (ex: Trevo)
/dr/ (ex: Dragão) /gr/ (ex: Grito)
Deverá ser capaz de usar frases com intenção de realizar pedidos, ordens, perguntas, chantagens, mentiras.Deverá ser capaz de suprimir os seguintes processos fonológicos:
– Desvozeamento “Substituição de uma consoante fricativa ou oclusiva vozeada por uma não‐vozeada” (ex: para GATO produzir KATO)
Deverá ser capaz de suprimir os seguintes processos fonológicos:
– Omissão de consoante final “A criança omite a consoante em posição final de sílaba (em posição medial ou final de palavra)” (ex: para ALTO produzir ATU)
– Redução do grupo consonântico “Omissão de um ou mais elementos do grupo consonântico” (ex: para COBRA produzir “COBA”)
– Semi-vocalização da líquida “Substituição de uma consoante líquida pela semi‐vogal [j] ou [w]” (ex: para BOLA produz BOUA)
Baseado nos estudos – (Alexandre, Alpes, Reis, & Mandrá, 2020) (Mousinho, et al., 2008) (Lousada, 2012) (Teixera de Jesus, Lousada, & Saraiva, 2013)

Pedro Barros,  Terapeuta da Fala da A2000

Notícias Relacionadas

DOADOR DO MÊS DE JULHO

10 de Julho, 2024

DOADOR DO MÊS DE JULHO

10 de Julho, 2024

DOADOR DO MÊS DE JULHO

10 de Julho, 2024
Skip to content