O MELHOR DO MÊS DE MAIO NO CLDS-4G MURÇA MILHÕES DE ESPERANÇAS

Mulheres sentadas a fazer uma palestra em sala de conferências

Na primeira semana de maio de 2021, o Projeto CLDS-4G Murça Milhões de Esperanças dinamizou, em parceria com a Associação Diferenças Nulas e o apoio do Município de Murça, o encontro subordinado ao tema: “O Regime Jurídico do Maior Acompanhado: conceitos e reflexões”.

Destinou-se a técnicos da área social, cuidadores informais e demais pessoas que atuam no acompanhamento de idosos e pessoas com deficiência e incapacidade.

Em extrema síntese, as comunicações das oradoras: Vilma Pereira – Vereadora do Pelouro Social do Município de Murça; Sónia Moutinho – Notária; e Maria João Vilaverde – Advogada – visaram promover a reflexão ética e jurídica sobre o direito de qualquer adulto a escolher antecipadamente a pessoa que o acompanhará numa situação de vulnerabilidade ou incapacidade e sobre a impreteribilidade do respeito dessa vontade. Concluiu-se que o novo regime que entrou em vigor em fevereiro de 2019 constitui uma inovação no que diz respeito à preservação da dignidade da pessoa humana. Com efeito, o caráter reversível de que dispõe permite reforçar o respeito pela liberdade dos cidadãos que não possam exercer os seus direitos, cumprir os seus deveres e cuidar do seu património, dando-lhes a possibilidade de indicar um acompanhante e, em caso de recuperação da autonomia, suspender o processo. Os conceitos de interdição e inabilitação tornaram-se, assim, obsoletos.

No dia 8 de maio celebrou-se, em Murça, o feriado municipal, que assinala a histórica atribuição da carta foral por D. Sancho II a este território. Procurando incluir ativamente a população sénior nos preparativos da comemoração, o CLDS, em parceria com a empresa local de apoio ao domicílio “Palanque de Sorrisos”, desafiou o público-alvo do Eixo III de intervenção a “vestir” de cores e artesanato as árvores do emblemático monumento celta murcense: a Porca. Desta feita, os trabalhos em croché realizados no âmbito da atividade 13 – “Conto Contigo” – do Projeto CLDS ficaram expostos até ao dia 1 de junho e constituíram um pretexto para a convivência interpessoal e intergeracional, uma linha que a todos uniu!

No enquadramento do Eixo I de Intervenção – Emprego, Formação e Qualificação, organizou-se no dia 13 de maio de 2021 um workshop sobre “Competências para o Empreendedorismo e Motivação para o Sucesso”. A coach Núria Mendonza tomou em mãos o desafio de motivar futuros jovens empreendedores e levantou-os, literalmente, das suas cadeiras para os levar a pensar na importância da definição de objetivos. Nesta dinâmica, salientaram-se as novas competências para o sucesso, nomeadamente a capacidade para solucionar problemas complexos, o pensamento crítico, a criatividade e a flexibilidade cognitiva.

No mesmo dia, o CLDS reuniu um grupo de pais e educadores para participarem no workshop “A nova parentalidade positiva e gestão familiar”. Este evento decorreu no Auditório do Centro de Cultura de Murça e contou igualmente com a dinamização da coach Núria Mendonza. No âmbito da atividade 10 – “Oficina Família.com” – o público pôde expor as suas fragilidades na difícil tarefa de educar crianças e jovens, tendo a oradora colaborado ativamente na orientação reflexiva e crítica das intervenções. Ofereceu, ainda, estratégias de caráter mais prático para se evitarem conflitos: manter a calma e a tranquilidade, fazer atividade física, respeitar o espaço de cada elemento da família, reforçar a comunicação positiva e procurar o afastamento nos momentos de rutura. No rescaldo destes workshops, a equipa técnica do CLDS considera positivos os encontros temáticos dirigidos a públicos específicos e procurará, no futuro, seguir esta linha de atuação no contexto de outras atividades do Plano de Ação.

O Espaço J+, dirigido a jovens com incapacidade e/ou deficiência, continua a ser dinamizado três vezes por semana, em grupo. No mês de maio, para além das atividades ocupacionais desenvolvidas em sede de projeto, foi realizada uma visita ao Crasto de Palheiros, guiada pelas orientações dos técnicos do Posto de Turismo de Murça. Nesta experiência, os participantes puderam observar objetos arqueológicos daquele lugar que remontam ao 3.º milénio a.C.. Os destinatários tiveram ainda a oportunidade de subir até ao ponto mais alto da Fraga e observar as paisagens do concelho.

Por fim, mas não menos importante, no âmbito do Eixo III – Promoção do Envelhecimento Ativo e Apoio à População Idosa, deu-se início às atividades em parceria com o CAI (Centro de Apoio ao Idoso), em Jou. A primeira iniciativa contou, também, com a parceria da Biblioteca Municipal cujas técnicas narraram, junto dos séniores, o conto “Vem e Abraça-me”, de Michal Snunit. A equipa do CLDS continua também a levar as TIC aos idosos, nas suas aldeias.

Beatriz Ermida, Técnica do CLDS-4G Murça Milhões de Esperanças

Notícias Relacionadas

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024
Skip to content