O que fazer para ser um Bom Profissional

Boneco com vários braços, que representam várias funções e competências pessoais e profissionais que possui em simultâneo

Na componente de Cidadania e Empregabilidade, os formandos da ação 1 do Curso 2 – Auxiliar de Serviços Gerais II, a decorrer em Armamar, iniciaram um novo tema relacionado com as características de um Bom Profissional.

Inicialmente houve um debate sobre os conhecimentos prévios dos clientes relativamente à temática a abordar, onde as palavras que reinaram foram: responsabilidade, honestidade, empenho e dedicação. Estas palavras surgiram da experiência profissional que alguns já tiveram no seu passado e preservavam como sendo as mais importantes, tendo-as sempre em mente para alcançar uma integração profissional.

Posteriormente procedeu-se à explicação teórica da importância de ser um bom profissional, abordando as características do mesmo, os princípios deontológicos e os mandamentos para o sucesso profissional.

Após esta abordagem teórica passou-se para a realização de um trabalho de grupo, onde o desafio era construírem o “ABC do Bom Profissional”, ou seja, a cada letra do alfabeto teria que corresponder uma característica associada aos profissionais. Depois da tarefa cumprida, houve um diálogo em grande grupo em que se analisou cada característica e a importância da mesma no desenvolvimento de um profissional.

O objetivo é que grande parte das características fiquem na mente dos formandos para serem utilizadas aquando da realização da Formação Prática em Contexto de Trabalho para assim terem sucesso e conseguirem alcançar a tão desejada integração profissional.

Este curso decorre em Armamar ao abrigo do POISE – Tipologia 3.01 e é financiado pelo Fundo Social Europeu e pelo Estado Português.

Sofia Barros, Formadora da A2000

Notícias Relacionadas

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024
Skip to content