Postura na infância

A maioria dos casos de desvios posturais nos adultos tem origem na infância, por não se dar importância ao modo como as crianças se sentam, caminham, e, mesmo, à sua posição enquanto dormem.Se as alterações posturais não forem corrigidas e tratadas de modo conveniente, elas formam vícios posturais, transformando-se em problemas bem mais graves, como escolioses, lordoses e cifoses, por exemplo. A boa postura é basicamente a melhor forma de manter o equilíbrio do corpo, permitindo que todos os órgãos funcionem com o menor esforço muscular possível. É também uma adaptação de cada pessoa ao seu meio social e às necessidades e tarefas do seu dia-a-dia. Assim, é na infância, quando o corpo se desenvolve rapidamente, que costumam surgir os primeiros problemas relacionados à postura.Como estamos a iniciar um novo ano letivo, devemos ensinar às crianças a importância de uma boa postura na sala de aula, bem como, no transporte do material escolar.Na utilização do mobiliário escolar devemos ter em atenção:Os pés devem estar totalmente apoiados no chão ou suporte;Deve existir um espaço entre a face posterior da perna e o bordo anterior do assento;Deve existir um espaço entre a coxa e o bordo da superfície de trabalho;Os cotovelos devem estar apoiados à altura do plano de trabalho;O encosto deve ter um apoio para a lombar;Deverá existir um espaço entre o encosto e o assento para assegurar um espaço para as nádegas.
Relativamente ao uso das mochilas devemos:Dar preferência a modelos com 2 alças;Transportar mochilas simetricamente nos dois ombros;Peso das mochilas não deve exceder 10 a 15% do peso corporal da criança.Colocar as coisas mais pesadas na parte detrás da mochila;Dispor os livros e outros materiais de uma maneira que não fiquem soltos, provocando movimentos de desequilíbrio;Transportar apenas o material necessário para as atividades rotineiras;Nas mochilas com rodas, a alça deve estar a uma altura apropriada. As costas da criança devem estar retas ao puxá-la;Ajustar as alças das costas e ombros de modo que a mochila se adapte totalmente às costas da criança, ficando encostada e sem folga;O fundo da mochila deve ficar apoiado na curva da zona lombar. Nunca deve ficar a mais de 10 centímetros abaixo da região da cintura da criança.  Ana Sofia Correia, Fisioterapeuta

Notícias Relacionadas

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024
Skip to content