Psicóloga Vera de Melo dinamizou Ação de Sensibilização para o Empreendedorismo

Vera de Melo, psicóloga

Vera de Melo, psicóloga, escritora e comentadora residente no programa “Dois às 10” da TVI, dinamizou no dia 21 de dezembro a palestra “Ouse Empreender”, uma ação de sensibilização para o empreendedorismo realizada em parceria com o CLDS 4G Murça Milhões de Esperanças.

Com 17 anos de experiência em consultoria de recursos humanos e ela própria uma empreendedora, Vera de Melo procurou dar uma possível definição de empreendedorismo, recorrendo a vários exemplos de «verdades» e «falsidades» em torno do que é ser-se empreendedor que, segundo a convidada da iniciativa, está ao alcance de todos. “Todos podem ser empreendedores se viverem num ambiente promotor e encorajador do seu potencial. Acredito que as pessoas têm sonhos e objetivos, e um empreendedor é alguém cuja forma de olhar o mundo o leva a procurar oportunidades e tomar a iniciativa de resolver problemas ou lidar com necessidades que identificam. É alguém que abraça a mudança, o progresso e a inovação em todos os aspetos da sua vida”.

Sublinhando que “nenhum projeto ou ideia são inúteis ou inválidos antes de serem colocados em prática”, bem como a ideia de que qualquer empreendedor deve ter “a noção de que vai demorar até o seu negócio seja bem-sucedido e dê lucro”, Vera de Melo vincou a importância de se aproveitar recursos locais já existentes como opções geradoras de grande valor e possíveis ideias interessantes de negócio. “A partir das suas localidades de residência, as pessoas podem ter à sua disposição recursos endógenos que lhes permitam produzir algo útil, rápido e funcional para o consumidor sem necessitarem de ideias propriamente sofisticadas e únicas. Na verdade, empreender pode significar o fazer algo que já existe, mas de uma forma mais eficiente ou com maior qualidade, seja um produto ou um serviço. Contudo, qualquer empreendimento de qualidade obriga à capacidade de lidar com uma agenda lotada e um grande volume de trabalho, para não falar da obrigatoriedade de dar resposta a múltiplas tarefas e ao investimento de muito tempo e energia na criação e desenvolvimento do negócio”, referiu.

CLDS ALIA-SE A «NATAL SOLIDÁRIO» EM MURÇA

Num mês de dezembro em que o espírito solidário está sempre em alta, o CLDS 4G Murça Milhões de Esperanças aliou-se à iniciativa “Natal Solidário”, da autoria do Agrupamento de Escolas de Murça, que visou a recolha de alimentos não perecíveis, brinquedos e roupas para doar neste Natal.

E num dezembro em que se respira tanta solidariedade, amor e gratidão, o CLDS não quis ficar de fora desta iniciativa e teve a preciosa ajuda do grupo de Murça do projeto «Estou Aqu!», numa recolha de brinquedos que deu mais «luz» e felicidade à vida de alguém e, com isso, proporcionou um Natal mais feliz a algumas famílias.

Sofia Borges,

Coordenadora CLDS-4G Murça Milhões de Esperanças

Notícias Relacionadas

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024
Skip to content