TRABALHO, HUMOR E LAZER

Cartaz ilustrativo de várias atividades com clientes do projeto Estou Aqui

“TODA A PESSOA TEM DIREITO AO TRABALHO, À LIVRE ESCOLHA DO TRABALHO, A CONDIÇÕES EQUITATIVAS E SATISFATÓRIAS DE TRABALHO E À PROTEÇÃO CONTRA O DESEMPREGO” – Declaração Universal dos Direitos Humanos

O Direito ao Trabalho, plasmado no Artigo 23.º da Declaração Universal dos Direitos Humanos, marcou uma parte da agenda recente dos três grupos do projeto “Estou Aqui”, num período coincidente com atividades profissionais sazonais que marcam a dinâmica económica e social da região.

E foi com a intenção de conjugar essa dinâmica com a atividade desenvolvida pelos grupos que se realizaram atividades que tiraram os clientes deste projeto da sala e levaram-nos a vivenciar a realidade do mundo do trabalho na nossa região por esta altura. Um dos temas recentemente explorados pelos nossos clientes teve que ver com o Direito ao Trabalho e, por via disso, ao conhecimento genérico da legislação sobre o trabalho e a definição de trabalho sazonal, tão importante na nossa região durante este período do ano. Para consciencializar os nossos clientes para esta temática, realizámos interessantes atividades práticas, com o grupo de Tabuaço a visitar uma vindima na Quinta do Monte Travesso, o grupo de Murça a divertir-se na apanha da azeitona e a conhecer o funcionamento do processo do vinho nas Caves de Murça e os clientes de Armamar a explorar uma atividade muito característica da vila e que mostra o que de melhor se produz nesta localidade: a maçã. Apesar dos momentos de diversão e aprendizagem, chegámos à conclusão que, infelizmente, ainda há quem «assobie para o lado» no que respeita ao “trabalho igual, salário igual”… nomeadamente em alguns trabalhos sazonais…

E como a vida não é só trabalho e o acesso ao lazer é parte integrante da vida, o Direito à Cultura e Acessibilidade foram temas centrais do mês de outubro. Sobre estes Direitos, muito foi o que falámos, pois os dois andam de mãos dadas, uma vez que, para aceder à Cultura, necessitamos de Acessibilidade. Falámos dos vários tipos de acessos, vimos que a acessibilidade não se trata apenas de barreiras arquitetónicas e ainda pudemos experimentar a plataforma utilizada nos telemóveis para pessoas com deficiência visual. Sobre a Cultura, focámos muito a sua importância para a sociedade e os seus vários ramos e usou-se a criatividade para imbuir os participantes de uma veia artística que seguramente muitos desconheciam. O tema do Direito à Cultura convidava à imaginação e foi com esse espírito que desenvolvemos atividades em que encarnámos diversas personagens, cantámos, dançámos e divertimo-nos imenso!

Em Tabuaço e Armamar, até estivemos a ver um filme do famoso “Mr. Bean”, que nos ensina que, mesmo sem palavras, nos conseguimos expressar tão bem e até fazer rir os outros, e na Biblioteca Municipal de Murça assistimos a um teatro de fantoches recriado pela Mariana Prazeres. Aqui, além de ouvirmos a história da “Carlota Barbosa, a Bruxa Medrosa”, pudemos experimentar os fantoches e dar-lhes vida, além de construirmos o nosso próprio fantoche, o Peixe Tobias, e vimos como é fácil fazermos efeitos sonoros com objetos do nosso dia-a-dia e com instrumentos que encontramos facilmente à venda. Vimos como fazer vento, chuva ou trovoada com um sol bem brilhante do lado de fora da janela, pois no mês de outubro o tema “Cinema e Artes Dramáticas” esteve presente em todas as iniciativas.

A emoção trabalhada foi o Humor, tão ligada ao mundo cultural e artístico. Ficámos a saber a origem desta palavra e que esta se trata de um estado de espírito que acarreta uma profissão a ele associada – o humorista. Falámos da importância do humor na nossa vida e na forma como este influencia o nosso dia, as nossas tarefas e as pessoas com quem nos cruzamos. Vimos que o humor não beneficia apenas o próprio, mas todos aqueles que rodeiam um pessoa bem-humorada. É impossível não nos deixarmos contagiar por uma boa gargalhada. E quem é que nunca se sentiu bem ao fazer rir e sorrir os outros?

No próximo mês haverá novidades muito interessantes e iniciativas em que estes grupos surpreenderão pelas suas competências artísticas…

Fiquem atentos, pois vai valer a pena!

Notícias Relacionadas

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024

Doador do mês de maio

10 de Maio, 2024
Skip to content