Alerta:O seu browserB.N.I. - Browser Não Identificado não é o mais indicado para ver este site porque não suporta Javascript.Active o javascript ou actualize-o por favor!

 
Página Inicial | Notícias | Doador do mês de janeiro
notícias
Filtragem
16-01-2019 | Voltar a Doadores do mês
Doador do mês de janeiro

A história dos vinhos 100HECTARES começa no início da década de 70, quando a família Brás e Cigarro – detentora de uma enorme paixão pela região do Douro – faz grandes investimentos na compra e renovação de propriedades situadas na sub-região do Douro – Baixo Corgo.

As quintas da família são a origem dos seus vinhos, sendo que a produção é feita exclusivamente a partir de uvas provenientes das suas propriedades, algo que está no centro da filosofia de produção da família.

Durante algum tempo, a produção maioritária feita a partir das suas vinhas era vendida a concorrentes da região, mas, em 2009, André e Filipe Brás quiseram rentabilizar a própria produção de matéria-prima, vinificando um valor estimado entre 30% a 40% das uvas. Alguma produção excedentária é cedida a produtores da região, não sendo possível ainda a produção total com a marca própria.

O dever de passagem do legado de geração em geração, é um sentimento enraizado na família.

A adega foi um projeto desenvolvido pelo  Arquiteto Francisco Seixas Silva em parceria com o gabinete de arquitetura Formas e Conceitos, o qual se tratou de implicar uma pequena adega já existente, localizada na União de Freguesias de Poiares e Canelas, no conselho do Peso da Régua. O conjunto edificado onde se desenvolve a atual atividade produtiva, desde a receção de uvas, passando pela transformação/fermentação, armazenamento/estágio engarrafamento, embaçamento e armazenamento do produto acabado.

Quinta Nossa Senhora da Conceição

A Quinta Nossa Senhora da Conceição, localizada na cidade do Peso da Régua, possui uma beleza absoluta e particular pelo seu alinhamento que aparenta a forma de uma impressão digital – sendo, por isso, eleita para integrar a capa do livro Douro Património Mundial. O seu posicionamento na região do Baixo Corgo torna-a privilegiada na produção de vinhos do Douro e do Porto, usufruindo de condições de excelência, tal como os microclimas únicos e excelente exposição solar, capazes de criar vinhos complexos, intensos e concentrados. Aos brancos (uvas brancas como Viosinho, Fernão Pires, Cercial, Rabigado e Malvasia Fina), as características climáticas dão a estes vinhos estrutura, elegância e longevidade. Aos tintos, (uvas de Touriga Nacional, Touriga Franca, tinta Roriz, Sousão e Tinta Barroca), a complexidade é o atributo imperativo.

Quinta da Marialva

Em 1999, a Quinta da Marialva foi totalmente reconvertida com o objetivo de assegurar a continuidade de produção de uvas top premium, nessa época escassas, que a marca 100HECTARES necessitava. Na sua fisionomia está presente a sistematização em patamares de 2 bardos e em declives acentuados, pensada com o propósito de obtenção de uma maior homogeneidade nas uvas. Nesta quinta estão presentes as castas mais tradicionais do Douro, como a Touriga Nacional, a Tinta Roriz, a Sousão e a Tinta Amarela, originárias dos vinhos 100HECTARES Touriga Nacional, cuja popularidade não desmente a qualidade dos mesmos. Estes resultados devem-se também à exposição predominantemente Norte e às temperaturas capazes de atingir os 45ºC no Verão em altitudes que variam entre os 200 e 300 metros.

Quinta do Couraceiro

A Quinta do Couraceiro localiza-se na frescura da Serra de São Domingos na vila de Valdigem, distrito de Lamego. Entre os anos de 1998 e 2007, passou por um processo de total reconversão, sendo implementadas vinhas novas, recorrendo sobretudo a castas mais tradicionais do Douro. No caso das castas brancas como a Rabigado, Viosinho, Côdega do Larinho, Cercial, Fernão Pires, Folgasão e a Malvasia Fina, foram plantadas a grandes altitudes, entre os 400 e os 550 metros. Já as tintas, como a Tinta Roriz, a Touriga Franca e a Tinta Barroca, foram plantadas até aos 400 metros. Destas castas, estrategicamente bem posicionadas, nascem os nossos vinhos 100HECTARES Branco, 100HECTARES Côdega do Larinho, 100HECTARES Colheita Tinto.

 “A terra não nos foi doada pelos nossos pais, mas emprestada pelos nossos filhos”

Contacto:

Rua Caetano Figueiredo

5050-347 Poiares – Peso da Régua

 

 

 

Veja mais...
https://100hectares.com.pt/

Outras notícias de Doadores do mês
E-mail
Palavra Passe
18-11-2019Convocatória [+]
15-11-2019Doador do mês de novembro [+]
Mais Notícias [+]   Ver Arquivo [+]
  
© 2019 | Associação 2000 de Apoio ao Desenvolvimento - A2000 | Termos de Utilizaçãopowered by Glups